E-mail: contato@silviamalamud.com / Tel: +55 11 9 9938-3142 /Av. Angélica, Higienópolis - SP

Quando você decide mudar

06/04/2016

O modo como se capta, percebe-se e se processa a realidade é como se define a existência. É em seu cérebro, mais precisamente em sua mente, o local onde esse turbilhão ocorre. Desde os desejos mais profundos e secretos, às fantasias mais escabrosas, às aventuras mais impossíveis, é exatamente ali que reside a fábrica capaz de criar tudo o que existe. Em nossas mentes, algo muito maior do que uma galáxia, ininterrupta e instantaneamente, gera, exterioriza e materializa todas as nossas possibilidades escolhidas. 
Enfim, se você concorda que somos nós quem criamos e quem desenhamos a nossa própria realidade, seria interessante termos mais autonomia nesse processo. E para que possamos mergulhar ativamente nessas criações, um bom exercício é o de nos prepararmos como se estivéssemos treinando para atravessar uma espécie de portal onde uma dose extra de desprendimento se faz necessária. 

Sempre sugiro para as pessoas deste tipo de abertura de consciência, que passem pelas surpreendentes terapias de reprocessamento cerebral como EMDR, Brainspotting e outras, exatamente porque estas facilitam sobremaneira reprocessar pontos muitas vezes obscuros que frequentemente impedem a plena realização das realidades saudáveis e prazerosas que tanto almejamos. Com essas terapias, o cérebro (no sentido físico) e a mente (no sentido que pode ser observado como transcendente) alinham-se num movimento único em nome de desobstruir impedidores e de abrir espaço para que o fluxo criativo caminhe em meio a abundancia e foco. Zonas cerebrais com acontecimentos congelados e com percepções reduzidas a cerda da realidade conseguem ser reequilibradas juntamente às crenças e sentimentos que ao longo da vida ficaram mal posicionadas. A transformação desse montante se revela numa fonte inesgotável de novos conhecimentos, associações e por consequência, novas, inusitadas e muito mais divertidas criações de realidade. Tudo tente a ficar mais leve e melhor.

A dica, portanto, é a de passar por essas terapias com autopermissão aliada a uma forte dose de coragem e ousadia para entrar contato consciente com medos profundos que muitas vezes acabam funcionando como travas evolutivas. Liberando espaço para se criar ilimitadamente tudo que se imaginar, sem as restrições fundamentadas nas crenças que tanto nos sabotam. 
Encarar os nossos vilões é a chance fundamental que temos de trazê-los à tona, olhando-os de frente e de finalmente reprocessarmos o que nos aflige percebendo o quanto eles são e sempre foram os únicos e verdadeiros obstáculos para que não alcançássemos os nossos mais nobres objetivos de alma.

Assim que se entrar em contato com tudo isso, a abertura mental acontece de imediato podendo-se vivenciar na potência máxima e, numa fração de segundo, inúmeras questões que sempre foram de difícil solução. Essa vivência costuma levar alguns instantes e na sequência, se passa pela oportunidade única de perceber todo o ocorrido, como se fosse um filme que já passou. O que restará desta experiência, ainda antes de entrar no portal da máxima criatividade e realização, é uma sensação de força e de energia pronta para ser dinamizada. É neste precioso e super sagrado momento que se tem a oportunidade de dar um passo além, ou como se costuma dizer, é a hora de dar o salto quântico. Tempo imediato para começar a acontecer de modo diferenciado impulsionado por uma potência anteriormente inimaginável.

Os medos são meras ilusões passageiras que possuíam a sua alma, enquanto você se perdia de si mesmo ao evitar olhá-los de frente, quando se iludia achando que apenas sentir o medo --querendo a todo momento que ele fosse embora-- fosse resolver as suas questões. Aquilo era o mesmo que negá-los e de fato nada solucionava. 
AApenas quando você entra em contato consigo mesmo, como observador e totalmente desapaixonado, é que sua cura emocional-espiritual de verdade acontece. É só partir desse tipo de experiência, que a vida pode se transformar para melhor. 
É só a partir desse tipo de experiência que a vida pode se transformar para melhor.
Você pode e deve passar pelo olho do furacão, que nesta circunstância é considerado saudável. Se precisar de ajuda para essa empreitada não perca seu precioso tempo se negando essa possibilidade. Toda mudança é carregada de anseios e medos, mas são necessários para que você se abra para novas possibilidades muito melhores do que as anteriores. Siga em frente e confie. Vale a pena!

Please reload

Artigos Recentes 
Please reload

Redes Sociais
  • Facebook
  • Instagram
Palavras-Chave