E-mail: contato@silviamalamud.com / Tel: +55 11 9 9938-3142 /Av. Angélica, Higienópolis - SP

Você está preparado para viver diferente do que lhe foi ensinado?

03/05/2016

Toda noção de realidade que podemos ter está diretamente relacionada aos eventos que passamos ao longo da vida, ao tipo de personalidade que temos e também ao aspecto da nossa consciência que independe do tempo e do espaço para existir. Mesmo que estejamos com a atenção focada nesta realidade, este aspecto multidimensional da consciência sempre acaba influenciando a nossa vida prática. A consciência por ser bombardeada por uma enorme rede energética de informações, se observada no sentido mais amplo de suas possibilidades, não poucas vezes, pode alterar seus direcionamentos e toda a sua percepção nos mais diversos níveis. Por conta disso, o modo como estamos nos manifestando no momento não precisa ser considerado nem como uma estrutura rígida e nem como algo inviolável, a não ser que a pessoa faça o serviço de se enrijecer totalmente, como se estivesse com aqueles visores que certos animais utilizam que mantém um olhar apenas reto, para frente sem lateralidade ou altura alguma.

O bom de saber sobre essa possibilidade de manifestação da consciência é que ela transcende o senso comum e verdadeiramente ocorre quando nos abrimos para lidar com alguns tipos de pensamentos, sensações, imagens e insights que de repente nos sobressaltam. Sonhos muitas vezes também podem funcionar como portais de acesso a essas multidimensões. E quanto mais nos disponibilizarmos para novas experiências com a mente aberta, mais poderemos nos sentir como entidades autossustentáveis e mais associados à nossa totalidade.

Nesta visão, a estrutura de personalidade que temos funcionaria como um filtro para manifestação da consciência amplificada, um artifício necessário para a adaptação neste plano. Seria uma lente perceptiva utilizada para traduzir a si mesmo, as experiências terrenas e o mundo.

Todos nós somos construídos através de crenças e imagens ideais de ser que muitas vezes funcionam como travas para nos distanciar das nossas realidades interiores e de tudo o que poderíamos vir a ser. O mais incrível é que estas estruturas de personalidade mudam de acordo com a demanda do ambiente e da época em que se vive, mas no geral, as pessoas costumam permanecer grudadas e cegamente identificadas com o que lhes foi imposto para serem, inclusive, mesmo antes de terem nascido. Matam e morrem por conta de tais vestimentas/crenças.

Existe, portanto, uma distinção entre aquilo que o indivíduo é e pode ser em essência, daquilo que ele pode estar se manifestando neste plano. E a consciência terrena que ele tem de si mesmo pode estar equivocada nos mais diversos níveis. 

Sem autoconsciência, portanto, vive-se colado no papel constituído pelos sentimentos, atitudes e comportamentos que a sociedade e a época vivenciada impõe como verdade. Porém, quando se acessa a Consciência Livre e Multidimensional, a pessoa pode conquistar uma existência única com uma indescritível sensação de segurança mesmo que em meio a uma constante de liberdade para o movimento e a mudança, se necessário for.
Com a mente aberta, a criatividade fica em alta e portanto novos conhecimentos, ideias, representações, sentimentos e tendências se desenvolvem, se transformam, se dissolvem e se reconstituem ininterruptamente.

Na vivência da consciência plena, a todo instante, emergem novas impressões que enriquecem os conteúdos preexistentes dando início a novos processos que por sua vez estabelecem novas sínteses criativas.

A ideia é pegar carona neste barco seguindo em frente rumo à aventura do que significa ser livre de modo bem diferente das crenças reducionistas as quais estamos acostumados a seguir e ainda ficarmos com os pés totalmente neste chão, porém, vivendo um aqui e um agora amplificado.
Isso é um convite. Você está preparado?
Terapia de reprocessamento cerebral. Você pode, você merece.

 

Please reload

Artigos Recentes 
Please reload

Redes Sociais
  • Facebook
  • Instagram
Palavras-Chave